26 de nov de 2007

VOCÊ SABE O QUE É DPVAT?

Muito poucas pessoas sabem o que é para que serve.

Trata-se de um seguro de Danos Pessoais de Veículos Automotores e Terrestres, mais conhecido como SEGURO ORBIGATÓRIO.

Talvez você ou alguém que você conheça pode ter direito a recebê-lo e não sabe. Este seguro é pago por todos os proprietários de veículos juntamente com o IPVA, na época do licenciamento do veículo.

Ele serve para ressarcir e indenizar vítimas de atropelamento e/ou acidentes com ferimentos, independente da ocorrência óbito. O seguro cobre ressarcimento de despesas médicas e hospitalares (desde que realizados em hospitais particulares), invalidez permanente e, claro, óbito (nesse caso, a indenização é paga aos dependentes legais.

Toda pessoa que for vítima de acidente cometido por veículo automotor (carro, moto, caminhão, ônibus) e tenha sofrido qualquer dano em sua saúde em virtude deste, tem o direito a receber o seguro, independente de ter sido ou não culpada pelo acidente, de ter o motorista fugido ou não do local, ou de ter anotado a placa do veículo infrator.

O documento principal para o recebimento do seguro é o Boletim de Ocorrência. Sem ele não há como receber o seguro.

IMPORTANTE: Não há necessidade de contratar advogado, despachante, ou qualquer outra pessoa. Basta o interessado estar de posse da documentação necessária, se dirigir a qualquer seguradora associada à Federação Nacional de Seguros (FENASEG) ou para o seu corretor seguros. Lembre-se, porém, que não há necessidade de pagar qualquer taxa a ninguém, nem mesmo ao Corretor.

Nunca é demais ressaltar que as seguradoras são obrigadas a atender e ressarcir o beneficiário. Se houver recusa, denuncie no Procon de sua cidade.

A FENASEG disponibiliza a Central de Atendimento Dpvat (0800-221204), que atende gratuitamente ligações de todo o Brasil, de 2a. a 6a. feira, no horário de 8h às 20h, e, aos sábados, de 9h às 15h.

Você deve estar curioso querendo saber o valor do seguro, não? Vamos lá.

Atualmente os valores são: Morte (R$-13.500,00); Invalidez Permanente (até R$-13.500,00) e Despesas Médicas e Hospitalares (até R$-2,700,00).

Mesmo que o acidente tenha ocorrido já algum tempo, é perfeitamente possível receber o seguro. Clique aqui para obter maiores informações.

Uma boa semana a todos.

Programa DICA LEGAL

Nenhum comentário: